Kamila Michiko

Kamila Michiko

.

Advogada. Conselheira Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT – 2019/2021). 

Vice-Presidente da Comissão da Diversidade Sexual da OAB-MT (2019/2021). Professora Universitária. Mestranda no Programa de Pós Graduação em Política Social (PPGPS) da Universidade Federal do Estado de Mato Grosso (UFMT). 

Pesquisadora de gênero e sexualidade. Especialista em Direito Administrativo e Administração Pública pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Especialista em Processo Civil pela Fundação Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso (FESMP-MT). Autora de artigos sobre o tema de gênero, sexualidade e sua interseccionalidade com o universo jurídico.

sociedade, Democracia, cidadania e direitos e garantias individuais

A palestra aborda de maneira sintetizada, a evolução histórico-social e conceitual referente à sociedade, democracia, cidadania, direitos e garantias individuais, trazendo um apanhado histórico sobre a formação democrática, o papel do estado e do cidadão.

Nelson Freitas Neto

Nelson Freitas Neto
Advogado e proponente do projeto, associado do escritório MMN Advogados Associados, formado na UNIC, Presidente da Comissão da Diversidade Sexual da OAB/MT e membro da Comissão Nacional da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB.

Direitos e Garantias da sociedade LGBTQiA+!

A palestra além de abordar a realidade de exclusão e segregação enfrentada pela comunidade LGBTQIA+ dentro da sociedade, e a luta pelo respeito e garantia dos direitos fundamentais conquistados, analisa a marginalização e a clara tentativa de enfraquecimento da cultura LGBTQIA+.

Mario Olímpio

Mario Olimpio Medeiros Filho

Mario Olimpio é advogado e gestor cultural atuando em Cuiabá e em Brasília. Foi Secretário da Cultura de Cuiabá (2005-2019); Presidente do Fórum dos Secretários de Cultura das Capitais do Brasil (2008/2009); Membro do Conselho Nacional de Política Cultural (2008/2009); e Gerente do Ministério da Cultura (2017-2019).

Gerenciamento de projetos Culturais com base nas leis de incentivos fiscais

A palestra é uma introdução ao ecossistema da cultura e do trabalho com a cultura a partir da experiência vivida em mais de 30 anos de trabalho nessa área. 

Partimos dos princípios materiais sobre cultura e as suas dimensões, passando pela sua organização política, legislativa e administrativa, identificando a personalidade jurídica e a identidade produtiva, e, ao final, oferecemos noções básicas de elaboração de projetos, planejamento, identificação de oportunidades, gestão e controle.

Elenilton dos anjos rocha

Elenilton dos Anjos Rocha
Contador com MBA em Gestão e Planejamento Tributário. Possui 15 anos de experiência na área contábil, tributária e de gestão de pessoas com passagem por empresas multinacionais do agronegócio e construção civil.

Abordagem Econômica da diversidade

“A cor da vez é a rosa! O Pink Money mostra o potencial de consumo da comunidade LGBTQIA+ e as marcas têm exagerado isso como uma oportunidade mercadológica. O dinheiro rosa é uma parte do capitalismo movimentada pelo consumo LGBTQIA+, e isso representa mais de 3 milhões de dólares ao redor do mundo!

Giulia Medeiros

Giulia Medeiros

.

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Mato Grosso (2017). Atualmente está em fase de conclusão do mestrado em Estudos de Cultura Contemporânea pela mesma universidade, a qual investiga o Audiovisual e suas linguagens como possibilidade de disputa de imaginários. Possui experiência na área de Sociologia com trabalhos sobre Gênero e Sexualidade, Ciência Política com ênfase em Políticas Culturais e no setor do audiovisual com habilidades de edição, fotografia, produção de documentários e curtas de ficção.

Abordagem Sociológica da construção de gênero e sexualidade

A partir de uma perspectiva social da construção de gênero e sexualidade em meio ao mundo contemporâneo, as reflexões discutidas durante a palestra têm como objetivo conceituar as premissas básicas do que vem a ser a identidade de gênero. Diferenciando de conceitos advindos do determinismo biológico e propondo uma análise a respeito da influência das diversas instituições existentes na construção de uma “cartilha de condutas”, a qual determina papéis e lugares a serem ocupados no engendramento sistêmico e estrutural da sociedade atual.

Responsáveis pelo projeto

Nelson Freitas Neto

Mario Neto

Coordenadores

Barros & Freitas Advocacia

Assessoria Jurídica

Cachara Estúdio

Produção Audiovisual

Nelson Freitas Neto

Proponente

Marianna Marimon

Assessoria de Imprensa

João Fincatto Filmes

Identidade Visual

Dom Pixel

Criação do Site

Apoio

Parceiros

Realização

cadastre-se

Para receber mais informações e sugestões

Projeto Arte e Diversidade projetoartediversidade@gmail.com

@artediversidademt

Arte e Diversidade